Tudo Sobre Whey Protein

Diminuidor de Gordura

É muito comum ver nas academias pessoas com corpos esculturais e definidos. As mulheres malham em busca de pernas torneadas e bumbum empinado e os homens estão atrás de ombros largos, braços fortes e barriga tanquinho. Chegar ao objetivo que tanto se deseja não é fácil e muito menos rápido. É um trabalho árduo e diário que não depende apenas nos exercícios físicos, mas principalmente da alimentação.

Suplementos Alimentares

Grande parte dos praticantes de atividades físicas conhecem os principais suplementos alimentares, que acabam fazendo parte da rotina dessas pessoas. Há duas boas e importantes verdades sobre suplementos alimentares: eles não fazem mal se tomados da maneira certa e devem ser incluídos numa dieta que tenha a quantidade de nutrientes essenciais necessários abaixo do valor ideal. E uma boa parcela da população está neste grupo.

Whey Protein
Whey Protein

O que mais se preconiza é que precisamos, diariamente, de 55% de carboidratos, 30% de gorduras e 15% de proteínas, pelo menos. Essas medidas foram feitas para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de atividade física. Agora, se você for colocar esse mesmo cardápio para uma pessoa que realiza exercícios intensos na academia todos os dias, sem dúvidas vão faltar muitos nutrientes para que ela passe a ter um bom desempenho não apenas a nível muscular, mas principalmente a nível metabólico.

Whey Protein

Um nutriente essencialmente importante para quem pratica musculação, são as proteínas. São elas que fazem parte da estrutura muscular e sem elas seria impossível ocorrer uma reorganização das fibras musculares depois de exercícios na academia onde micro-lesões acometem os músculos. Quando o músculo está ficando sem oxigênio para realizar as atividades que lhe são impostas, ele começa a sofrer pequenas lesões danificando a sua estrutura. Se existir proteína suficiente circulando na corrente sanguínea para reparar os danos, então os músculos irá hipertrofiar.

O whey protein é a mais popular e conhecida fonte de proteínas para uso frequente. Ela é fabricada a partir do soro do leite, de onde são extraídas. Além da proteína, também estão presentes a gorduras e uma quantidade mínima de carboidratos. Existem 3 tipos básicos de whey protein que podem ser encontrados no mercado:

  • Concentrada: é a mais comum e também a melhor em termos financeiros, pois ela não costuma pesar muito no bolso. Ela contém, em média, cerca de 70 até 80% de proteínas e os outros 20% são divididos em gorduras e carboidratos;
  • Isolada: nessa, o processo de filtragem é muito mais intenso, podendo chegar em até 100% a concentração de proteínas. Ela é uma boa escolha para quem está encarando a dieta das proteínas e está diminuindo o consumo energético;
  • Hidrolisada: o grande diferencial desse tipo é o fato da molécula ser de fácil absorção pelo organismo e estarem disponíveis para serem utilizadas no reparo muscular o mais rápido possível.

A forma mais correta de tomar esse suplemento e aproveitar o máximo que ele tem para oferecer é misturando o whey com água e algum tipo de carboidrato como o malto. O carboidrato ajuda no transporte mais rápido dos nutrientes. Quando mais rápido a proteína ficar disponível, melhor será o reparo da fibra muscular. O melhor horário para se tomar e logo depois que chegar da academia e quando acordar.

por Elaine Leite

Deixe uma resposta