Circuito Funcional

Diminuidor de Gordura

Essa é mais outra modalidade de exercícios físicos que foge do padrão repetitivo de treinos da academia. Não foi por acaso que esse tipo de atividade física ficou tão famosa e popular. O circuito funcional consegue combinar movimentos que você costuma fazer no seu dia a dia, mas eles são associados a outros para gerar maior resistência, coordenação motora, força e equilíbrio.

Um pouco de história

A Grécia Antiga já cuidava do corpo dos seus atletas dos Jogos Olímpicos como exercícios específicos para cada modalidade de competição. Na Roma Antiga foi a vez dos gladiadores ganharem espaço e fama e entrar em forma treinando arduamente para vencer os seus oponentes. O que essas duas faces tão diferentes têm em comum? Todos eles usam exercícios específicos para um determinado objetivo, que iam progredindo de acordo com os resultados obtidos no treino anterior.

Paul Chek foi o grande idealizador do treinamento funcional e utilizou como princípio básico os movimentos padrões do corpo como flexão, extensão, abdução em nível articular e a nível global temos abaixar, levantar, girar, puxar, empurrar, agachar e vários outros. Um dos principais objetivos desse treinamento físico é proporcionar equilíbrio e estabilidade da coluna em relação à pelve. Isso aperfeiçoa os movimentos e evita quedas e possíveis lesões.

Como funciona o circuito funcional

Os principais grupos musculares trabalhados no circuito funcional são os que participam do equilíbrio corporal como os multífidos (também chamados de paravertebrais), transverso do abdome e oblíquos, diafragma, períneo, glúteos e flexores do quadril. Já o trabalho que o circuito visa enfocar relaciona-se com a mobilidade articular, flexibilidade corporal, resistência, coordenação, velocidade nos movimentos, força e estabilidade articular.

equilibrio-funcional

A ideia chave dessa modalidade de treino é bem diferente das academias. Lá, você treina os músculos de forma isolada e em dias separados, já no circuito todos os músculos são trabalhados no mesmo espaço de tempo. É por isso que muitos chamam essa modalidade de treinamento global. Mas a ideia aqui não é ganhar massa muscular, portanto, se esse é o seu objetivo pegar peso diariamente vai te ajudar a chegar lá.

As mulheres lotaram os circuitos funcionais, pois perceberam que conseguem definir a musculatura e perder peso ao mesmo tempo. Elas não se importam muito em conseguir aumento de massa muscular ao contrário dos homens que já são mais vaidosos nesse aspecto. Esse tipo de exercício é feito usando, principalmente, halteres, barras, caneleiras, elásticos e cordas de suspensão.

Para quem não gosta de ir para a academia e fica com preguiça de fazer os mesmos exercícios todos os dias, o circuito funcional pode ser a chave para os seus problemas. É um exercício dinâmico e que pode ser ajustado de acordo com o nível de dificuldade que a pessoa se encontra, desde os iniciantes até os mais experientes. Aproveite o começo do ano para experimentar coisas novas e se manter em forma com muita saúde e disposição.

por Elaine Leite

Deixe uma resposta