Atividades Físicas como Ferramenta de Educação

Diminuidor de Gordura

Praticar exercícios físicos diariamente é um santo remédio para melhorar a saúde e a disposição. Disso, todos nós sabemos, pois as mídias como internet e tv divulgam essa informação em larga escala. Não sei se você já percebeu que quando inicia alguma atividade física, o seu dia melhora substancialmente, o estresse e a ansiedade diminuem e a respiração fica mais tranquila. Isso não acontece apenas com os adultos, mas também com as crianças.

Buscando disciplina

Quando usamos a palavra disciplina muitas pessoas associam-na a um rígido regime militar. Mas, se ela for encarada de forma positiva e utilizada da maneira certa, será bastante benéfica, principalmente para as crianças. Os pais e educadores sabem como pode ser difícil fazer uma criança sentar na cadeira e se concentrar numa leitura. Com tantos atrativos como os jogos na internet ou o vídeo games, está mais difícil do que nunca fazer com que eles cumpram as suas tarefas.

beneficios-atividades-educacao

Não foi por acaso que de alguns anos para cá muitas escolas incluíram em sua grade de aulas a educação física. Exercícios físicos constantes fazem bem para o cérebro, melhorando a memória, o aprendizado e a concentração. Além do mais, aquele antigo ritmo de colégio no qual o professor só enche a cabeça do aluno de informações sem lhe dar tempo nem para respirar virou coisa do passado.

Benefícios das atividades físicas para o cérebro

Já foi comprovado através de pesquisas que os exercícios físicos possuem o poder de melhorar a memória, facilita a absorção e associação de informações e consegue até mesmo modificar a estrutura física do cérebro facilitando a formação de novos neurônios (é o que os cientistas chamam de neuroplasticidade). Iniciar os exercícios físicos desde muito jovens também ajuda na prevenção de doenças crônicas degenerativas que podem surgir no futuro como o Alzheimer ou Parkinson.

Todos esses benefícios são adquiridos de acordo com a seguinte lógica: nosso sangue leva o aporte nutricional ao nosso cérebro através de vasos e fazem uma troca, dando ao cérebro o que ele precisa e levando embora substâncias prejudiciais como o gás carbônico. O exercício físico diário estimula uma maior liberação do fator de crescimento endotelial formando novos vasos sanguíneos. Assim, o sangue encontra uma quantidade maior de caminhos e consegue ofertar mais nutrientes que antes.

Fica clara a grande importância que a atividade física tem nas nossas vidas desde muito jovens. Outros neurotransmissores são induzidos a serem liberados em maior quantidade como o glutamato que ajuda na neuroplasticidade, dopamina que atua na cognição, atenção e motivação ou a serotonina que consegue interferir no aprendizado e humor, auxiliando em quadros de depressão e ansiedade. Se você tem problemas com os seus filhos quanto a isso, a prática de exercícios pode ser a solução.

por Elaine Leite

Deixe uma resposta